Automóveis movidos a hidrogénio

Um destes já chegou a Portugal

segunda, 14 de fevereiro de 2022

Os automóveis que se movem através de uma energia limpa vieram mesmo para ficar.

Depois dos automóveis elétricos, a grande novidade que o futuro nos reserva é o carro com motor movido a hidrogénio.

De facto, devido à sua abundância e simplicidade de produção, o hidrogénio é o futuro da mobilidade, segundo a opinião de vários fabricantes.

Fonte: Hyundai

Desde logo, uma das grandes diferenças para os veículos elétricos é a questão das baterias: os carros a hidrogénio dispensam-nas.

Desde já, se possui um destes, aprenda a preservar a bateria do seu carro elétrico

A Seguropordias.pt vai apresentar-lhe os carros a hidrogénio e esclarecer todas as suas eventuais dúvidas sobre estes veículos do futuro, segundo dizem.

Sabia que já temos um exemplar à venda no mercado português?

 

O primeiro modelo a hidrogénio à venda em Portugal

Se nunca tinha ouvido falar de automóveis movidos a hidrogénio, acreditamos que tudo isto para si esteja a ser uma grande novidade.

Por isso mesmo, acompanhe o artigo da Seguropordias.pt, as descobertas não ficam por aqui!

A Toyota, fabricante japonês com bastante experiência na inovação de motores amigos do ambiente (lançou o seu primeiro veículo elétrico há 20 anos), é pioneira neste ponto específico.

Em 2021 lançou no mercado português o Mirai, que significa futuro na língua japonesa, e acredita-se que o novo vai dar total significado ao carro.

Fonte: Toyota

Um carro mais leve que os elétricos, devido à ausência de baterias, mas com uma experiência de condução bastante semelhante.

No entanto, o seu sistema de funcionamento é diferente, como lhe contaremos em baixo.

O Mirai consegue percorrer 650 quilómetros sem reabastecer, o que mostra já um desenvolvimento positivo deste tipo de tecnologia.

 

As vantagens dos carros a hidrogénio

Tal como em todos os tipos de automóveis, os carros movidos a hidrogénio têm os seus pontos fortes e fracos.

Em primeiro lugar, vamos dar-lhe a conhecer as vantagens.

 

Não poluem o meio ambiente

Uma das grandes vantagens relativamente aos motores de combustíveis fósseis e uma das principais razões para estarem a ser desenvolvidos.

O facto de não emitirem emissões poluentes para a atmosfera faz com que os carros a hidrogénio sejam uma grande possibilidade para um futuro que se pretende cada vez mais verde.

Não criam poluição sonora

Tal como vemos nos automóveis movidos a motor elétrico, os de hidrogénio também não produzem ruídos.

Tal significa uma condução muito mais tranquila, tanto para o condutor como as outras pessoas na estrada.

 

Autonomia superior aos carros elétricos

A questão da autonomia das baterias dos carros elétricos ainda gera bastante discussão na lista dos prós e contras dos automóveis elétricos.

O Mirai, primeiro modelo automóvel a hidrogénio lançado em Portugal, já consegue percorrer 650 quilómetros sem necessidade de paragem para reabastecer, o que denota uma grande melhoria em relação à grande maioria de carros elétricos.

 

Utilizam o elemento mais abundante na Natureza

De facto, o hidrogénio é o elemento que encontramos mais no meio ambiente, em estado gasoso.

Assim, utilizá-lo em transportes é uma excelente opção limpa.

Tempo de reabastecimento 

Por fim, reabastecer um automóvel movido a hidrogénio é bastante mais rápido que um elétrico.

Entre parar, atestar e voltar à estrada, apenas precisará de cerca de 5 minutos.

 

As desvantagens dos carros a hidrogénio

 

Bastantes limitações no reabastecimento

O reabastecimento é, de facto, muito rápido, mas o problema está nos postos onde tal se pode fazer.

Por não estar ainda bastante desenvolvido e divulgado, o hidrogénio tem apenas dois locais para reabastecer em Portugal.

Estes encontram-se em Vila Nova de Gaia e Cascais.

Preço muito alto

Tal como se passa um pouco com os elétricos, o preço deste tipo de automóveis é ainda muito alto e ao alcance de poucas pessoas.

O Toyota Mirai tem um preço superior a 60 mil euros.

No entanto, é expectável que com o aumento das produções, o preço baixe.

 

Armazenamento do hidrogénio

O hidrogénio é um gás altamente inflamável, o que torna complexa a tarefa de o armazenar.

Assim, obviamente é necessário um investimento significativo em tanques e tecnologias para garantir a segurança do processo.

 

Tempo de vida útil dos carros

Como consequência da desvantagem anterior, o tempo de vida útil de tanque de um automóvel a hidrogénio é, no máximo de 15 anos.

Esta é a lei e pode ser um grande entrave para o desenvolvimentos deste tipo de veículos.

 

Como é o funcionamento dos carros a hidrogénio

Os carros a hidrogénio são denominados FCEV (Fuel Cell Electric Vehicle) e produzem a sua própria energia.

Para se moverem, é necessária uma reação entre o hidrogénio (que se encontra no tanque de abastecimento) e o oxigénio do ambiente exterior.

A energia gerada por esta é o que alimenta o motor do automóvel.

Assim, este motor leva a que este tipo de carro seja considerado elétrico, mas com um funcionamento diferente dos que já conhecemos.

Contrate o Seguro por dias para o seu veículo em 5 minutos

Agora é possivel fazer um seguro por dias de forma fácil e rápida, totalmente on-line, a partir de qualquer dispositivo.


Quer receber as nossas notícias?

Estas serão enviadas para o seu e-mail para que possa ler quando quiser.

Nunca compartilharemos seu email com mais ninguém.

Eu aceito as políticas de privacidade