Se conduzir em ponto morto poupo combustível?

Descubra a resposta

segunda, 18 de julho de 2022

Os preços da gasolina e do gasóleo em Portugal estão insuportáveis, sem dúvida.

Este facto faz com que as pessoas procurem todas e quaisquer formas de poupar combustível durante a condução

Uma delas é colocar a manete das velocidades em ponto morto, principalmente em zonas de descidas.

Ou seja, desengatar a mudança do carro e deixá-lo descer livremente.

Certamente quem conduzir já ouviu falar disto, mas, será que faz sentido?

A Seguropordias.pt vem esclarecer, assim, esta dúvida.

Estamos ao seu lado para ajudar a satisfazer as suas necessidades: se estas forem temporárias, temos o melhor seguro à sua disposição.

Ter um total domínio sobre a caixa de velocidades do seu automóvel é uma grande vantagem para a sua condução.

Tal aplica-se tanto em termos de segurança rodoviária como de potencial poupança de combustível.

No entanto, o mesmo aplica-se ao ponto morto do automóvel?

Vamos, então, responder-lhe à questão e acabar com todas as eventuais dúvidas.

 

Conduzir em ponto morto poupa combustível do meu veículo?

A resposta é simples e bastante direta: não, conduzir em ponto morto não vai fazer com que o seu veículo poupe mais combustível.

Aliás, o que normalmente faz numa descida é que é o comportamento correto.

Isto é, se está a conduzir e começa a descer, e o seu automóvel se encontra na mudança mais alta (a quinta ou a sexta, dependendo do veículo), o consumo de combustível será 0.

O consumo é nulo, claro, se não acelerar durante o período de descida.

Tal acontece porque a admissão é cortada, já que os automóveis modernos possuem sistemas que fazem a gestão da injeção de combustível no motor.

Assim sendo, se o motor não precisar de mais potência (pois encontra-se a circular sem necessidade de maior aceleração), não vai receber mais combustível, até que volte a ser necessário.

Pode comprovar tudo isto no computador de bordo do seu automóvel, na secção dos consumos instantâneos.

Desta forma, não cometa o erro de colocar o seu automóvel em ponto morto.

Em vez disso, engate a mudança mais alta (se a velocidade do carro a acompanhar, claro) e o consumo de combustível será mínimo.

Com este processo, conseguirá, sim, poupar combustível.

 

Cuidado! Conduzir em ponto morto pode ser perigoso

Este é outro ponto que, provavelmente, desconhecia.

Colocar as mudanças de velocidade no seu carro em ponto morto pode constituir um perigo para a segurança na estrada.

E porquê?

Estes são os motivos:

  • É mais difícil controlar o carro. Com o veículo em ponto morto (sem nenhuma mudança engrenada), é fácil perder aderência, o que torna mais difícil o controlo sobre o automóvel;
  • O desgaste no carro será maior. Com o carro em ponto morto, vai, eventualmente, precisar de travar. Quando o fizer, o desgaste dos travões será superior, já que o seu automóvel ganhou maior velocidade devido à inércia.

 

Desta forma, é fundamental que perceba que o ponto morto em caso algum o vai ajudar.

Pelo contrário, poderá ser um risco na sua condução, como visto.

Não se esqueça: o desgaste excessivo dos travões é um fator de alto perigo para a sua segurança como condutor, bem como de todos os passageiros do seu veículo e restantes automobilistas na estrada. 

Por outro lado, nunca, mas mesmo nunca, desligue a ignição do seu automóvel na tentativa de poupar combustível.

Quando roda a chave para desligar a ignição, todos os sistemas do seu carro se desligam (como é óbvio).

Assim, não terá travões nem direções, imagine bem o perigo! 

Não brinque com a segurança na estrada, mais vale gastar mais em combustível e em outros componentes do carro, do que tentar poupar e sofrer com isso.

Contrate o Seguro por dias para o seu veículo em 5 minutos

Agora é possivel fazer um seguro por dias de forma fácil e rápida, totalmente on-line, a partir de qualquer dispositivo.


Quer receber as nossas notícias?

Estas serão enviadas para o seu e-mail para que possa ler quando quiser.

Nunca compartilharemos seu email com mais ninguém.

Eu aceito as políticas de privacidade