O que deve verificar antes de comprar carro usado

Passos para evitar fraudes

segunda, 4 de outubro de 2021

Está à procura de um carro usado? 

Provavelmente, tem imensas dúvidas sobre o real estado de cada veículo que vê em anúncios, como é natural. 

No mundo dos carros usados, existem muitas pechinchas, mas também carros com mais avarias do que aparentam.

Por esta razão, deve manter os olhos bem abertos, a fim de evitar qualquer burla e, assim, poder desfrutar do seu novo carro sem problemas.

O mais aconselhável é dirigir-se a uma oficina da sua confiança, onde poderá fazer uma inspeção minuciosa do veículo: motor, carroçaria, sistema elétrico, interior, entre outros.

Procurar várias opiniões também é aconselhável!

Seja qual for a opção que escolher, deve, igualmente, levar em consideração uma série de fatores que podem ser decisivos no que diz respeito ao estado real do carro.

Não tem grandes conhecimentos sobre mecânica? 

Não se preocupe, a Seguropordias.pt vai ajudá-lo a encontra as falhas mais importantes de carros usados em questão de minutos.

 

Verificar que um carro usado está em condições 

 

 

Verificar a quilometragem de um carro usado

Esta é uma das grandes questões que se colocam a todos nós quando compramos um carro usado: a quilometragem que estão a dar corresponde à real?

As histórias das oficinas e concessionários de automóveis usados, que alteram os quilómetros totais do carro, prejudicaram muito o mercado desse tipo de veículo.

Na verdade, obviamente, são muito poucas as que fazem isso.

Mas não se preocupe, se o carro tiver mais quilómetros do que o contador indica, haverá uma série de recursos que o informarão rapidamente. 

Em primeiro lugar, tenha em mente que um carro tem uma utilização média de cerca de 20.000 quilómetros por ano. 

Faça as contas, e se os números não baterem certo, pergunte, para saber se há uma explicação coerente.

Além disso, a condição da manete das velocidades ou os estofos do carro podem, também, ser indicadores de que este tem uma quilometragem falsa. 

Por fim, nos pneus pode verificar o ano de fabrico, num número de quatro dígitos que aparece ao lado. 

Os dois primeiros correspondem ao mês e os dois últimos ao ano.

 

Livro de manutenção de carros usados

Este é outro dos pontos que podem dizer se o carro está com a quilometragem adulterada. 

As oficinas, geralmente, registam de cada vez que o carro passa por uma revisão.

É um método muito útil para o proprietário do veículo saber como está a manutenção do carro, mas também para o dia em que o queira vender, pois se tiver feito uma manutenção completa obterá vantagens no preço de compra.

Peça sempre ao vendedor o livro de manutenção e verifique o quão bem cuidou do veículo. 

Cada carro e cada fabricante têm condições e requisitos diferentes quando se trata de revisões. 

Verifique-os e certifique-se do estado do carro antes de comprá-lo.

 

Carroçaria de um carro usado

Alguns danos na carroçaria são, por vezes, muito fáceis de esconder se tiver a ajuda de uma oficina.

Certifique-se de que a carroçaria não apresenta irregularidades e, se verificar que o radiador ou a ventoinha não são os originais, pergunte ao vendedor. 

O mais provável, nesse caso, é que o carro tenha batido.

Além disso, a pintura do carro é muito importante e, por exemplo, se o carro for relativamente novo, deve ter uma pintura bastante brilhante. 

Se tal não se verificar, é porque, provavelmente, “dorme” na rua.

Outra questão a ter em conta são as diferenças de tonalidade, que costumam ser resultado de uma batida.

 

Verificar as jantes de um carro usado

Observe atentamente as rodas do carro, para ver se não apresentam nenhum tipo de dano. 

Uma ruga ou deformação no pneu podem ser o sintoma de um remendo ou de um futuro furo, portanto, mantenha os olhos bem abertos e analise com atenção. 

O desgaste é importante, como é lógico, mas, ao mesmo tempo, se tiverem desgaste irregular, tal poderá ser sinal de um problema.

Em relação às jantes, olhe para elas com luz suficiente para verificar se não apresentam riscos

Em carros usados, muitas vezes descobrimos que as jantes não foram devidamente cuidadas e foram tratadas com esponjas e produtos não específicos.

 

Verificar o motor de um carro usado

Abra o capô e verifique se o motor parece mais ou menos limpo e homogéneo. 

Se perceber que alguma parte não parece original, pergunte ao vendedor.

É muito fácil identificar se alguma peça do motor foi trocada, pois a sua aparência e desgaste serão totalmente diferentes. 

Verifique se não há nada a verter líquidos e se tudo está no lugar, este procedimento pode evitar reparos futuros.

Em carros usados, também é importante verificar o estado do depósito de óleo. 

Abra e veja como é: com a ajuda de uma vareta, observe o estado dos líquidos.

Por outro lado, os fumos também são importantes: ligue o motor e acelere sem medo, se vir um fumo branco espesso, tenha cuidado.

Geralmente, é um sintoma de um problema iminente.

 

Verificar a parte inferior de um carro usado

Existem carros usados ​​que parecem impecáveis, até que se inclina e descobre o estado da sua carroçaria.

Olhe por baixo (talvez, o melhor seja utilizar uma daquelas plataformas nas oficinas) e verifique se o motor não está pendurado ou se a parte inferior da carroçaria está arranhada ou danificada. 

Muitas vezes, a forma como as pessoas conduzem faz com que a parte baixa dos automóveis se deteriorem facilmente, devido à velocidade com que passam pelas lombas, por exemplo.

Com o capot aberto e com o auxílio de uma lanterna, observe a aparência da parte inferior do motor e verifique se ele está bem encaixado.

 

Verificar a direção de um carro usado

Claro, é fundamental experimentar o carro usado antes de o comprar. 

Conduza com cuidado para ter certeza de que tudo funciona bem: travões, luzes, direção, etc. 

Quanto à direção, recomendamos que faça o seguinte truque: com o motor a funcionar, mas nenhuma mudança engatada, mova o volante e verifique se as rodas respondem instantaneamente. 

Se houver algum atraso, suspeite.

 

Os estofos de um carro usado

O interior do carro é muitíssimo importante. 

Embora inicialmente possa parecer secundário, os reparos e substituições de algumas peças interiores podem ser ainda mais caros do que os do motor. 

Preste atenção a todos os pormenores dos estofos, verifique que não existem remendos nem queimaduras.

Se forem estofos de couro e perceber que está “rachado”, pode ser porque os bancos não tiveram hidratação. 

Tal não é motivo para desistir da compra de um carro usado, já que hidratá-los não sai assim tão caro e, depois de o fazer, estarão como novos.

 

Verificar a condição dos plásticos interiores de um carro usado

Como já referimos, o estado dos plástico do interior do carro pode ser um indicador do número de quilómetros.

As borrachas nas janelas, nos puxadores das portas ou no painel são alguns dos indicadores que podem determinar a idade e o uso do carro.

São peças caras para substituir, por isso, preste muita atenção.

 

Verificar os cintos de segurança de um carro usado

Geralmente, não falham e a vida útil dos cintos de segurança tende a ser tão longa quanto a vida útil do carro

Porém, é importante que os coloque, puxe um pouco e verifique se ficam presos ou bloqueados.

Contrate o Seguro por dias para o seu veículo em 5 minutos

Agora é possivel fazer um seguro por dias de forma fácil e rápida, totalmente on-line, a partir de qualquer dispositivo.


Quer receber as nossas notícias?

Estas serão enviadas para o seu e-mail para que possa ler quando quiser.

Nunca compartilharemos seu email com mais ninguém.

Eu aceito as políticas de privacidade