O congestionamento nas estradas da cidade do Porto

O tempo que se perde em filas na Invicta

segunda, 1 de março de 2021

O trânsito na cidade do Porto é, segundo os novos estudos realizados, o mais congestionado da Península Ibérica.

Atualmente, é a cidade portuguesa com maior afluência de carros.

As horas de ponta são especialmente difíceis e provocam imensos problemas, como a poluição excessiva, o stress, entre outros.

A pandemia do vírus Covid-19 alterou toda a situação em 2020: no Porto registaram-se descidas de 23% na circulação das pessoas, enquanto Lisboa chegou aos 30%.

O nível de congestionamento médio está agora, segundo o ranking TomTom, cifrado nos 24%.

Os condutores perderam no ano passado, em média, 29 minutos por dia no trânsito, o que mostra uma redução em relação aos anos anteriores.

A principal razão para esta diminuição está relacionada, de facto, com a pandemia, e o respetivo confinamento, que retirou muitas pessoas das estradas portuguesas. 

Maioritariamente, o trânsito faz-se notar nos principais acessos ao centro da cidade, onde chega a ser caótico.

As soluções para estes problemas são, obviamente, complexas e exigem bastante planeamento.

A Câmara Municipal do Porto refere que “está a fazer vários estudos em simultâneo, que visam conhecer melhor a cidade e os hábitos de mobilidade dos seus cidadãos e visitantes.”

Alturas do dia e semana mais complicadas

Como seria de esperar, a hora de ponta é, sempre, a altura do dia com mais trânsito.

Assim, os períodos entre as 8h e as da manhã 10.30h são bastante congestionados.

Mais tarde, o intervalo entre as 17 e as 20h é, igualmente, difícil, chegando a ser, por vezes, pior.

O dia da semana mais complicado é, claro está, a sexta feira.

Pelas pessoas que são de fora da cidade e no final da semana querem dirigir-se às suas casas onde vivem as suas famílias, pelas pessoas que trabalham fora do Porto e no final da semana voltam e, também, pela pressa das pessoas em sair do trabalho para aproveitarem o fim de semana.

Os motivos são de diversa ordem, mas a verdade é que o último dia da semana é o que regista mais trânsito.

 

Acessos mais complicados

Os locais com mais trânsito registado são:

  • Ponte de Leça na A28 sentido Matosinhos-Porto de manhã- no final do dia exatamente no mesmo sentido, por muito estranho que pareça;
  • Entrada A4 sentido Ermesinde/Valongo-Porto e túnel de Águas Santas - de manhã e ao final do dia no sentido contrário;
  • VCI nos dois sentidos- principalmente nas pontes, no sentido Gaia-Porto de manhã e no sentido contrário ao final do dia;
  • Areosa;
  • Zonas da Asprela ao São João e até ao Amial;
  • Rotunda AEP;
  • Via Norte;
  • O centro da cidade é, igualmente, bastante congestionado derivado do número de pessoas em circulação e das condições das estradas.

 

Em 2019, a cidade do Porto viu o seu nível de trânsito subir de 28% para 31%, o que a fez subir 13 lugares no ranking mundial definido pela TomTom.

Em 2020, regitou-se, então, a descida de 31% para 24%.

O ranking TomTom coloca em percentagem o equivalente à quantidade de tempo a mais de viagem, por causa do trânsito, que os condutores têm de efetuar por ano.

Desta forma, a cidade invicta surge na posição 126 na classificação mundial. 

Efetivamente, em 2020, o Porto trocou de lugar com Lisboa no topo da classificação como cidade com mais trânsito em Portugal e na Península Ibérica, devido a uma descida menor na deslocação das pessoas. 

Com duas cidades tão antigas e belas, é realmente complicado criar novas soluções para diminuir drasticamente estes congestionamentos.

 

Alterações ao trânsito ao fim de semana

A Câmara Municipal do Porto decidiu condicionar o trânsito em algumas das principais ruas do centro histórico da cidade, aos fins de semana.

Desta forma, circular no Porto durante as 08h00 de sábado e as 20h00 de domingo está, agora, mais difícil.

Os objetivos principais desta medida são reduzir as emissões de CO2 e promover junto da população uma mobilidade mais limpa, para ajudar o ambiente.

Serão, também, alargadas as ciclovias e zonas para peões.

Caso não sabia, prepare-se, então, pois não vai poder conduzir na Rua de Cedofeita (no troço entre a Rua de Álvares Cabral e a Rua do Breiner), na Rua do Breiner (entre a Rua de Cedofeita e a Rua do Rosário), na Rua da Picaria, Passeio das Virtudes, Rua Passos Manuel, entre outras.

Se está a pensar ir dar uma volta pela baixa portuense ao fim de semana, recomendamos que se informe sobre os percursos que poderá, efectivamente, fazer.

A cidade é, como foi visto, uma das mais dificeis de conduzir em Portugal devido ao trânsito.

Se for um condutor regular no Porto recomendamos-lhe, acima de tudo, paciência e calma.

Por fim, recomendamos que esteja com atenção ,já que o trânsito aos fins de semana, no centro histórico, está a ser alterado.

Contrate o Seguro por dias para o seu veículo em 5 minutos

Agora é possivel fazer um seguro por dias de forma fácil e rápida, totalmente on-line, a partir de qualquer dispositivo.


Quer receber as nossas notícias?

Estas serão enviadas para o seu e-mail para que possa ler quando quiser.

Nunca compartilharemos seu email com mais ninguém.

Eu aceito as políticas de privacidade